Os projetos sociais são medidas tomadas pelo governo para solucionar os problemas mais evidentes de determinada região. O país sofre uma desigualdade social muito grande e por isso, esses projetos são fundamentais para melhorar a qualidade de vida de muitos brasileiros.

Bolsa Família

O Bolsa Família foi um projeto criado pelo presidente Lula, pertencente ao partido PT, que visava minimizar a situação de pobreza e pobreza extrema em algumas localidades.

O cadastro Bolsa Família permite que os núcleos cadastrados passem a receber um valor mensal, afim de suprir suas necessidades básicas como alimentação, vestimenta, medicamento, entre outros.

Apesar de ser uma criação do governo Lula, o presidente Bolsonaro propôs algumas mudanças importantes para o funcionamento desse benefício.

Estamos falando do 13° Bolsa Família 2020que estará beneficiando com uma bonificação de natal diversas famílias brasileiras que estão cadastradas no programa.

O décimo terceiro salário é um valor a ser pago para quem trabalha por intermédio da CLT, representando um salário a mais para quem está incluso nos requisitos.

Exite também a possibilidade de sacar o décimo terceiro salário proporcional, que é quando o funcionário trabalha por menos de 12 meses na empresa.

As mesmas regras se aplicam aos beneficiários do Bolsa Família, uma vez que o cálculo da bonificação é a soma dos meses recebidos divida por 12.

Apesar de o programa Bolsa Família não ter vínculo empregatício, o presidente Jair Bolsonaro liberou a possibilidade de saque para esses brasileiros.

Novos Caminhos

Um outro projeto muito importante para a educação, principalmente a longo prazo, é a proposta dos Novos Caminhos. Você, provavelmente, já deve ter ouvido falar no Pronatec, o maior sistema de distribuição de vagas para cursos técnicos, criado por Lula.

Bem, de acordo com o Governo, o Pronatec não correspondeu as expectativas, trazendo um cenário profissional pouco satisfatório para o mercado de trabalho.

Por isso, foi preciso que o governo desse uma repaginada na proposta para que a mesma se tornasse mais funcional, continuando a beneficiar centenas de brasileiros que buscam uma capacitação de qualidade.

Os Novos Caminhos serão uma forma mais viável de utilizar as instituições do Sistema S de ensino, que não são totalmente independentes do poder público.

Sendo assim, o novo sistema estará avaliando os cursos mais promissores para o mercado e distribuindo as vagas através de uma plataforma digital. A expectativa é que a proposta seja totalmente instalada no próximo ano.